quinta-feira, 17 de agosto de 2006

Sem passar em branco

Não sou boa em defesa no assunto "futebol", mas apenas quero comunicar que não imaginava ser tão COLORADA como percebi essa noite. Sport Clube Internacional, é meu time de coração.
Em algum momento de demência da minha vida, tentei torcer para o Tricolor Gaúcho. Hoje compreendo que não é uma escolha, é algo maior que vontade. É sensação de ganhar e perder, sorrir e chorar por uma coisa fútil que é o futebol. Mas nos importamos com coisas tão mais bestas e fúteis que isso, que não é crime nenhum ser torcedora.
Desde que aprendi pelo conhecimento empírico o que é futebol, meus sentimentos são mais resaltados ao se tratar de Internacional.
Eu sou feliz por torcer para essa seleção do país Rio Grande do Sul.
Obrigado por lerem atenciosamente esse momento fútil, porém valioso, em meu blog.

Um comentário:

William disse...

Hahiuahaiu... tu falou esse lance de jah ter torcido pro nhaca-nhaca-pe-de-porco-tri-horrivel... aih eu lembrei duma cena muito hilaria: eu, pequenininho, com a bandeira do gremio, pq um "amigo" muito fdp do meu pai queria sacanear ele e me deu a bandeira... ahiauhaiahaiu as vezes nao eh demencia eh apenas falta de consciencia ou inocencia(se bem q tu nao disse com quantos anos q fez essa loucura...)INTER CAMPEÃO DA AMÉRICA - gremistas... fiquem quietos! haiuahiauhaiuhaiuahi