terça-feira, 22 de novembro de 2011

Colonização da América

Gentes, este trecho a seguir foi escrito no corpo do meu TCC, mas como o professor considerou muito "infantil", e realmente não é assim "aquela coisa que sirva de referência", mas como eu não gosto de deixar, e já deixei muito, escritos jogados no lixo tecnológico, vou deixá-lo armazenado no blog.

"Resumidamente, a América do Norte teve como seus colonizadores os ingleses e franceses. Os primeiros, de terras européias insulares, sempre estiveram à frente no processo de manufatura e progresso econômico que os países do continente, e por essa razão, a maior necessidade à época do “descobrimento” das Américas era o fluxo migratório de sua excessiva população. Não se pode dizer que os povos nativos norte-americanos tiveram mais sorte que os povos mais ao sul, mas eles foram dominados e sacrificados para que suas terras fossem expropriadas aos novos moradores europeus que lá instalavam suas colônias de povoamento.
Já a América Latina (denominada assim por ter sido dominada por povos de língua latina – portugueses e, principalmente, espanhóis), teve seus povos disseminados pelo desejo originário de posse. O ouro e a prata foram as primeiras grandes riquezas expropriadas através de sangue e suor dos povos originários escravizados".

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Desculpa, gente... falei coisas que quando eu tinha 5 anos as pessoas já sabiam...

Há alguns meses eu escrevi um humilde texto de minha autoria sobre a imprensa. Na verdade, se não me engano, escrevi um intitulado "A relatividade da imprensa de massa" e outro sobre a liberdade de imprensa... ou será que os dois temas estavam em um texto ao mesmo tempo?! Bom, é uma boa desculpa para o leitor fuçar mais a fundo no blog e descobrir.
Bom, eis que eu nasci em 1989, e hoje em uma postagem de um amigo no Facebook fui direcionada a este blog: http://prcequinel.blogspot.com/, mais especificamente em uma postagem que reproduzia algumas capas consecutivas da revista Veja da Editora Abri (Globo). Bueno, isso interessa, mas interessa mais ainda o link de um vídeo do Youtube que remete a 1994 (quando eu tinha inocentes 5 anos) em que foi veiculado no Jornal Nacional da emissora de TV Rede Globo um direito de resposta concedido pela justiça para o Dr Leonel Brizola, que revela já em 1994 a parcialidade da imprensa que todos nós temos acesso facilmente e que modela muito facilmente as concepções do povo brasileiro.