sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O único consolo é escrever.

Não é nenhum texto pensado.
Sabe quando a gente se decepciona com as coisas?
Eu estou numa fase em que quase tuido resulta em decepção. Aí, uma coisa mínima te deixa na fossa: tirar 2,9 de 4 em um trabalho.
Sabe quando a gente se esforça em tudo? Se esforça em ser justo, em ser correto?
A gente não deve esperar isso de todo mundo.
No trabalho, eu cumpro meus horários direitinho, chego da FURG 23h da noite e no outro dia as 8h já tô lá, cumprindo o meu papel. A gente não deve julgar os outros, e eu procuro não julgar. Até a hora que resolvem meter a colher no meu mingau.
Na bolsa, não faço as coisas mais pesadas, como o Bruno que se matou fazendo a arte, mas me esforço no que me é destinado, e as pessoas não te dão um voto de confiança, não param um minuto para considerar tua opinião, e te tratam com docinhos quando precisam de ti, e depois te expoem vergonhosamente quando querem mostrar autoridade. É decepcionante esperares uma coisa de uma pessoa, que todos a volta acreditam ser uma coisa, e transparece ser uma coisa, mas ela te apresenta a pior realidade que pode haver: as duas caras.
No trabalho que tirei 2,9 de 4, de repente eu não tenha me saído bem mesmo. Mas com tudo que te cerca, tu acabas achando que tudo conspira contra ti, e todo mundo te odeia.
Além disso, me esforço comigo mesma pra vencer inúmeros desafios que sem eu mesma eles não existiriam, e ainda assim eles insistem em não serem vencidos pela minha persistência.
Tá tudo cansativo nesse fim de ano, e tento me consolar que ele está acabando e que as férias (da FURG) estão chegando. Mas ao mesmo tempo que tento me consolar com isso, me desespero com a pesrpectiva de que se as coisas não melhorarem com o fim do ano, vou cair mais fundo ainda no poço que me arrasto com todas as forças para sair.
[depressão mode on]
Ah, mas apesar disso, fico feliz de saber que não morri totalmente virtualmente, e que existam pessoas lendo as coisas que escrevo, e lamento não ter internet nem tempo de apreciar assuntos que outros blogs podem oferecer!

Nenhum comentário: