terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Postagem rápida.

É, pensei que ia ser mais fácil, mas tô percebendo que não.
Pensei que eu tinha aprendido a chamar todos de "amiguinho" e praticar outros sintomas que determinam se a pessoa adquiriu ou não a técnica de hipocrisia, mas começo a perceber que meu pavio curto não me deixa ser "neutra".
Se eu calo a minha boca "a Débora é quietinha, tímida e blá blá blá"; se eu abro a boca, tem que ser pra falar coisas que agradem aos outros, e isso é algo que eu não sei fazer se eles não se agradam com as mesmas coisas que eu, o que é a maioria dos casos; se eu tento ser "simpática", fica óbvio e claro na minha testa a frase "estou sendo falsa, não percebeu? Ah, percebeu sim."; se eu falo o que eu penso, "te ferra, otária, blá blá blá".
Alguém me dá uma sugestão de qual exemplo destes seguir?

Nenhum comentário: