quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Cansada, mais uma vez.

Uh, espírito adolescente aflorando novamente.
Não sei, parece bom. Eu me sinto mais viva. Mas as expectativas das pessoas quando é ciente que tenho 18 anos, na sociedade de hoje, é de eu ser e agir como uma "mulher". Uma "mulher" com conceitos bem definidos, de salto alto, maquiagem e me encontrando com outras mulheres para falar de homens e de como eles são ou não gostosos. E, claro, ir a boates e festas comuns.
Eu tento, eu tento ser uma "mulher". Ter os desejos fúteis e assuntos infrutíferos sobre o tempo. Me vestir "bem", conviver e "conversar" com outras mulheres assuntos "adultos". Mas uma hora, isso me enche. Me enche o saco metafórico de agir como se eu fosse super "descolada" e "madura".
Acho que preferia ser adolescente pelo resto da vida. Adolescente com espírito adolescente, e não essas CRIANÇAS de 14 anos que acham que são "demais" e que são "poderosas" e "adultas". Adolescente que pensa, que contesta e que está nem aí pro que os outros acham certo ou errado, só o que vale são os seus conceitos. Sem essa de tribo subversiva ou tribo dos CDF's. Ser subversiva e CDF, gostar de Punk Rock e achar legal um Reggae, me vestir de preto a hora que quiser, ou de rosa e verde-limão e estar pouco me fod**** que digam que não tenho personalidade.
É muito bom isso, é muito bom ter atitude. Depois que se cresce, a gente começa a omitir nossas opiniões e ter de ser positivista, olhar só pra um lado, ser preconceituosa e preocupada com o que os outros pensam de você. É um saco, isso.

Então, estou me sentindo com o espírito adolescente. Isso me dá um gás pra enfrentar as coisas, pois tudo é mais superável quando se tem um olhar amplo. Mas, a contraposto, o tempo está passando. Tenho menos tempo de vida pra consertar as burradas que eu fizer agora, com essa mente de 18 anos adolescente. Quanto mais tarde eu me tornar uma adulta esquecida de meus princípios e meu gás jovem, mais eu vou ser discriminada e mais irão rir de mim pelas costas.



Ah, e fiquei realmente mais empolgada a atualizar isso aqui ao saber que existem mais pessoas além de meus amigos (poucos amigos) que lêem esses posts nada a ver.
=)

2 comentários:

Rosali disse...

Eu não te conheço pessoalmente, so de forum no orkut, mas de tudo que tu escreveu ate agora, e que eu já te vi falando, parece que nesse post tu esta dando um UP na tua vida! Muito bem!
é melhor ser jovial a vida toda, e ser oque a gente é mesmo, do que ser umas futeis, que não fazem nada que as outras não façam, que se acham oiginais, mas são apenas mais umas, com as mesmas roupas e pensamentos.
Esse tipo, que passa toda semana pensando pra quem vai dar na proxima festa!!
Ser mulher é muito mais do que isso... não que eu saiba beeem, mas nos, mulheres originais e autenticas, que gostamos de inteligencia e subversão, somos as melhores!!

Felipe "Ag3nt" disse...

Ei, os posts nao sao nada a ver ;P Se fossem nao seria legal de ler ;) Mesmo eu passando atrasado aqui xD

Entendo bem o que quer dizer, principalmente sobre boates e "festas". Nessa sexta um amigo meu levou um super bolo dos amigos dele que tinham combinado de ir numa dessas, acabei indo com ele no Chalé. Primeira vez que vou em uma dessas "festas" em 22 anos. Nao vou mentir e dizer que foi ruim, tocou meu tipo de musica... mas sabe aquela sensação de que a gente nao faz parte do mundo? Foi mais ou menos assim.

Enfim... nao vou dizer "seja vc mesma" como todo mundo diz, e sim "seja única". Ser "normal" hoje em dia é a mesma coisa que ser sem sal e sem graça.

E ve se para de dizer coisas ruins dos posts senao eu paro de ler ;P

Tah, é mentira.

Abraço de urso \o/