terça-feira, 14 de maio de 2013

Os verdadeiros "problemas internos" do Brasil

Tchê, na boa, eu fico de cara com essas publicações em redes sociais de "Brasil contrata médicos cubanos", "Brasil fornece 'dinheiro' para invesitmentos em Cuba". Sinceramente, não vejo problema com isso! O Brasil tem seus próprios problemas? Sim. E não são poucos. 

Mas pensemos em Cuba: desde a Revolução Cubana, o país sofre com sanções econômicas, de política e comércio externo. Se fosse qualquer outro país do mundo (além de Venezuela, Bolívia e alguns países "estigmatizados" pelo socialismo), o Brasil estaria "investindo em alianças externas e contribuindo para as relações diplomáticas com países em ascensão econômica".

Os caras não têm dinheiro ou infraestrutura em alguns setores não porque não querem (ou os governantes - "ditadores"- não querem), mas porque são a décadas boicotados pelo resto do mundo capitalista que se nega a importar e exportar mercadorias e tecnologias ao país, no fundo, por medo de que o socialismo dê certo. 

Então, o "problema" de o Brasil contratar cubanos ou ajudar Cuba, não é porque o nosso país está mal das pernas em muitas questões internas, mas sim porque é simplesmente Cuba, socialista, o câncer do capitalismo tratado com quimioterapia exaustiva pelas grandes potências capitalistas mundiais, tanto em nível econômico, como político e midiático.

Não estou com tempo para discorrer longamente sobre o tema, mas não podia deixar de registrar esse pensamento.





Nenhum comentário: