sábado, 29 de julho de 2006

Fim

Tô com sono, são só 2h da manhã! Alguém se importa?? Ahh, alguém me segura que eu tô caindo na depressão de novo...
Tô com dor de garganta, frio, espinhas, calos, prisão de ventre (ahh normal), fome (dor de garganta dá fome), solitária...
Ah, eu preciso de alguma coisa. I need to something to believe in. Não, dessa vez não tô mal por causa do futuro trágico que me espera... acho que preciso de aventuras, sair desse mundinho chato e na mesmice em que eu caí. Só não encontro um jeito.
Quero amar subitamente, odiar mortalmente. Eu quero ter sentimentos verdadeiros e não a vidinha de "guria de cara com o mundo" ou "apenas uma otária que quer ser punk". Eu não quero ser ninguém importante, apenas quero fazer a importância pra mim mesma. Quero gostar realmente de ser quem sou, quero amigos, muitos amigos que digam que eu sou importante pra eles, quero libertar minha mente desses pensamentos que são bons, mas que não consigo engrandecê-los de maneira que me façam estar bem.
Vou dormir e parar de pensar. Pensar sempre foi o grande problema da humanindade.
Achem o que quiserem do que escrevi. Opiniões de indigentes não acrescentam em nada na minha vida.

Abraços a todos!


Amiga, se tu não quer a phota ake, eu tiro! 2 anos atrás.

Nenhum comentário: